topo ban fine

 
 

servicos solicitar banner

Campanha vai orientar estudantes e sensibilizar população para denunciar abuso sexual de crianças e adolescentes

A denúncia de casos de abuso e exploração sexual infantojuvenil pode ser feita por telefone, sem que o denunciante precise se identificar. O denunciante tem alguns números à disposição, como os do Conselho Tutelar de Unaí (3677-4961/ 9.9942-9540/ 9.9846-5682), do Creas Unaí (3677-5083), da Ouvidoria Nacional (100), da Polícia Militar (190) e da Polícia Civil (181).


As denúncias são necessárias para acionar o trabalho da rede de proteção à criança e ao adolescente e para minorar o sofrimento das vítimas de violência sexual. O incentivo à denúncia e muitos outros temas serão tratados durante este mês, na campanha do Maio Laranja.


A denúncia anônima é a maneira mais frequente encontrada pela população para fazer chegar os casos às entidades da rede de assistência social, que vão providenciar a cessação da violência sexual e a responsabilização dos agressores. É pegar o telefone, ligar e denunciar. O resto é com os profissionais.


"Quanto mais rápido for a denúncia, menor o sofrimento da vítima, menores os danos causados. Qualquer cidadão adulto tem o dever de denunciar um caso de violência sexual, não deve esperar o sofrimento da vítima aumentar", ressalta o presidente do Conselho Tutelar de Unaí, Murilo Soares Mendes.


O Conselho Tutelar é um órgão protetor dos direitos da criança e do adolescente e a porta de entrada da rede de proteção socioassistencial quando há violação de direitos. É a partir do Conselho Tutelar que as providências são tomadas, tanto no sentido da necessidade de retirada da criança do lar vulnerável onde é agredida (para entregar a vítima temporariamente aos cuidados de outros membros da família, como avós), como no encaminhamento do caso ao Ministério Público, para abertura de processo contra o agressor e outras providências que o caso enseja.

 

Crianças ou adolescentes abusados, juntamente com a família, recebem atendimento especializado na rede de assistência do município, via Creas, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social. A unidade atende pessoas em situação de vulnerabilidade que já tiveram seus direitos violados. Em Unaí, uma média de cinco casos de abuso sexual infantil são registrados oficialmente, por mês.


Como a Ouvidoria Nacional estima que 10% das ocorrências sejam registradas, a avaliação aproximada é de que, na média mensal, ocorram outros 45 casos de abusos sexuais em Unaí sem registro. Estão "escondidos". Faltam denúncias.


MAIORIA DOS ABUSOS OCORRE DENTRO DAS FAMÍLIAS, MAS FICAR DE OLHO TAMBÉM NOS "CHEGADOS" DE FORA


Psicólogo do Creas Unaí há 12 anos, Roger Campos revela que pais, padrastos e avôs "são os maiores abusadores" na escala de abusos. "E eles contam com a omissão da família e da sociedade para manter os casos velados".


Os abusos ocorrem em todos os quadrantes do município, da região Central aos bairros, das fazendas e sítios a assentamentos rurais. Acometem vítimas de todas as classes sociais, apesar de aparecerem mais os casos envolvendo pessoas socialmente vulneráveis, porque estão mais expostas. "Os muros altos e a distância das ruas podem impedir que alguns casos de abuso dentro dos lares mais ricos venham à tona", atesta o psicólogo.


Segundo ele, isso torna tudo mais difícil, porque (em grande parte dos abusos) a família sabe e se cala. Em muitos casos, vizinhos, amigos e parentes sabem e não denunciam. A escola, que deve ser uma grande porta de denúncia, às vezes também se omite. "Então, há uma omissão de forma geral", critica.


"É um vizinho que sabe, mas prefere não se envolver. É uma criança que conta para outra que está sendo violentada. O colega (que ouviu o caso) chega em casa, conta para o pai, mas ele nada faz e manda o filho esquecer, porque eles não têm nada a ver com isso".


Com isso, a criança é abandonada à sua solidão e ao seu sofrimento silencioso. O psicólogo do Creas afirma que levantamentos de Unaí apontam que de cada caso que chega à rede de proteção oficial, outros seis deixam de chegar, porque continuam escondidos, a criança permanece sofrendo na mão do abusador.


E é bom pais e mães ficarem de olho, porque os abusadores também poderiam (porque ocorre) ser tios, vizinhos, amigos da família, professores, médicos, psicólogos, educadores físicos, padres, pastores, enfim, alguém que frequenta a família e em quem a criança confia. "Não é o homem sujo que está escondido no lote vago. É o tio bonzinho, o vovozinho legal", compara o psicólogo.


Roger lembra que há um protocolo no setor de Saúde que determina a qualquer médico que identifique um caso de abuso acionar a Polícia ou o Conselho Tutelar. De acordo com o psicólogo, o mesmo protocolo deveria ser cobrado nas escolas. "Nós sabemos que a escola é um grande parceiro, porque já fomos acionados inúmeras vezes por diretores e supervisores escolares, mas mesmo assim ainda há alguma omissão". Ele admite, no entanto, que grande parte das denúncias de abuso chega por meio das escolas e dos agentes comunitários de saúde.


A PROFESSORA É UMA FIGURA EM QUEM A CRIANÇA CONFIA


"Muitas vezes, ela é mais (tem mais valor para a criança) do que a própria mãe, que está em casa. A professora está todos os dias com os alunos. Ela vê marcas no corpo, nota a tristeza do aluno, a falta de higiene, a mudança de comportamento, entre outras marcas deixadas pela violência", revela o psicólogo, ao enfatizar o papel fundamental da escola e dos professores nas denúncias.


Para contar com o apoio cada vez mais efetivo da escola nessa luta, o Creas já iniciou entendimentos com a Secretaria de Educação, pedindo autorização para realizar palestras e bate-papos com alunos das unidades escolares de Unaí, tanto na cidade como na zona rural.
As primeiras palestras e bate-papos estão previstos para as escolas municipais Teodoro Campos (Garapuava), Israel Pinheiro (Novo Horizonte), Padre José de Anchieta (Curral do Fogo), Tomaz Pinto da Silva (Mamoeiro) e Nossa Senhora de Fátima (Palmeirinha).


"Enquanto assistência, vemos a escola como parceiro importantíssimo nessa luta. As equipes técnicas do Creas e dos Cras vão levar mensagens informativas para alunos das séries iniciais e finais do ensino fundamental. Vamos mostrar às crianças o valor do corpo e conscientizá-las de que o corpo infantil ou adolescente não deve ser tocado por outras pessoas", conta a diretora do Creas, Cleide Xavier.


Segundo ela, os técnicos do Creas e dos Cras vão procurar orientar e conscientizar crianças e adolescentes onde pais ou mães falharam, ou mesmo não tiveram preparo para fazê-lo. "Vamos tentar ocupar esse espaço que seria papel da família", enfatiza.


O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Unaí (CMDCA) também reconhece o papel da escola nessa parceria de prevenção e combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes. Tanto que o conselho intenciona qualificar diretores, supervisores e professores para a tarefa de identificar, denunciar e encaminhar para a rede de proteção de assistência social o que está sendo observado no ambiente escolar.


Para Cleide, toda ajuda é necessária nessa luta. "A Secretaria de Educação abriu as portas para fazermos nosso trabalho. É louvável a atitude. Mas, em função da carga de trabalho, é difícil o pessoal da rede (de proteção social) estar nas escolas o ano todo. Por isso, precisamos contar com os professores nas ações de orientação e conscientização.


Roger Campos defende ações de orientação na escola. "Faltam pessoas para orientá-las (as crianças), passar segurança, conversar com elas. Quem convive com a criança diariamente é quem tem mais condição de perceber sinais: quando ela para de falar, quando fica mais agressiva, quando muda o comportamento radicalmente sem motivo aparente, quando passa a ter medo do adulto".


Essa orientação, no entender do psicólogo, é fundamental até para a vítima saber identificar quando está sendo abusada. "Muitas vezes a própria vítima não consegue identificar a situação como abuso. Por isso, a dificuldade na denúncia". E quando a denúncia é feita e a vítima tem de falar com autoridades ou técnicos da assistência, as crianças saem de casa "ensaiadinhas" pelos pais ou padrastos, quando esses são os agressores.


"A gente faz os levantamentos com base na denúncia, começando pelos adultos. Mas a gente percebe quando a criança vai ensaiadinha pelo adulto, que enche a cabeça da criança de medos e receios. 'Se você falar alguma coisa, papai vai ser preso. É isso que você quer?'".


O psicólogo explica que algumas situações são bastante notórias, principalmente quando a agressão sexual é física, como em caso de estupro consumado. O problema, no entanto, é quando a relação é mais sutil, imperceptível, velada. "É quando o abusador disfarça o abuso, confundindo o ato com carinho, com afeto, com carícia, com excesso de zelo. A vítima não consegue entender que aquilo é um abuso".


Por isso, a busca da orientação e da conscientização das potenciais vítimas de abuso sexual sobre como lidar com o corpo, como proteger o corpo, a fim de não deixar ninguém tocá-lo. Ensiná-los a se proteger, a dizer "não". E pais e mães, orienta Roger Campos, não devem se descuidar dos filhos, devem ficar de olho. E repete:


"O abusador não tem etiqueta na testa. Pode ser o tio bonzinho, o vovô legal, o pai zeloso, o médico, o psicólogo, o professor, o educador físico, o padre, o pastor. O abusador não é o homem do lote vago, mas alguém de dentro da família ou um amigo muito próximo". Alguém que a criança conhece e confia. "E esse adulto trai a confiança da criança, para abusar dela".


CONSELHO TUTELAR NÃO É BICHO PAPÃO, AO CONTRÁRIO


Assistente social do Creas, Júnia Ribeiro chama a atenção para o fato de o agressor culpabilizar a vítima pela situação do abuso sexual, alegando ser uma relação consensual. "Mas ela quis, ela consentiu. 'Dizem eles'. Mas isso não existe", enfatiza Júnia. "Não existe consentimento por parte da vítima. Se for, por exemplo, relação sexual com menor de 14 anos é considerado estupro de vulnerável, é crime".


Para o presidente do Conselho Tutelar, ainda há um agravante por parte das próprias crianças vítimas, que temem denunciar o pai, ou padrasto, no caso específico em que estes são os abusadores. "A criança abusada pensa assim: 'se eu falar que meu pai faz isso, ele vai preso, e eu vou ser retirado da minha família. Vou para o Centro Socioeducativo ou para a Casa Lar'. E ela associa a imagem do conselho ao bicho papão e não como órgão que existe para defender e proteger seus direitos".


Segundo Murilo Mendes, a escola precisa ajudar a mudar essa imagem do Conselho Tutelar como o "homem do saco", que ela própria (a escola), segundo Murilo, às vezes ajuda a reforçar. "Muitas vezes o próprio educador afirma à criança que se ela não se comportar bem vai chamar o Conselho Tutelar para ela". Segundo ele, isso só faz reforçar uma imagem negativa do conselho nas crianças e em parte da sociedade.


O presidente do Conselho Tutelar sai em defesa do órgão: "Sempre tentamos mostrar que não somos nada disso. Não somos polícia ou órgão se segurança pública para prender ninguém, não somos parte do Poder Judiciário, não punimos ninguém. Atuamos para proteger as crianças e os adolescentes que tiveram seus direitos violados".


Diante dessa perspectiva, a diretora do Creas afirma que já orientou as equipes que farão um bate-papo com os alunos nas escolas a ressaltar a importância da existência do Conselho Tutelar e reforçar suas funções e sua imagem como órgão protetor dos direitos infantojuvenis.


PROGRAMAÇÃO DO MAIO LARANJA EM UNAÍ


O Creas Unaí e parceiros (os Cras, o CMDCA, a Audec, as Polícias Civil e Militar, a Secretaria de Educação, o CEM, o Ministério Público e o Tribunal de Justiça) promovem durante o mês de maio uma série de ações com vistas à prevenção e ao combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.


Além das palestras e bate-papos com alunos nas primeiras escolas municipais (de 9 a 13 de maio), estão colocando faixas em pontos estratégicos da cidade, já chamando a atenção para a campanha, cujo tema é "Faça bonito. Proteja nossas crianças e adolescentes".


Nas ações de mobilização e conscientização da sociedade, estão previstas ainda (de 16 a 20 de maio) afixação de cartazes e panfletagem (distribuição de material de informação e sensibilização) nos bairros da cidade, com acompanhamento de carro de som divulgando os objetivos da campanha.


No dia 18 de maio, Dia Nacional de Enfrentamento, prevista caminhada pela manhã, com saída da porta da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (rua Calixto Martins de Melo), percurso pela rua Nossa Senhora do Carmo até a Praça São Cristóvão, descida da avenida Governador Valadares, e chegada na Praça Getúlio Vargas (da Matriz).


Durante o percurso, acompanhados por carro de som, portando faixas e cartazes, técnicos, conselheiros, ativistas e estudantes vão distribuir material informativo, abordarão transeuntes e afixarão cartazes em pontos comerciais.


À tarde do dia 18, a mobilização da rede socioassistencial de Unaí será na orla do córrego Canabrava, próximo à unidade do Corpo de Bombeiros. Além da distribuição de material informativo, encenações teatrais e corpo a corpo de campanha, para sensibilização dos transeuntes.


No dia 19 de maio, blitze da campanha Maio Laranja nas rodovias de saída para Brasília, Paracatu e Buritis, com o objetivo de informar e conscientizar condutores que estão saindo de Unaí ou chegando à cidade. A Polícia Militar dará apoio à ação.

 

 maiolarann 0001

SmartNews.com
Previsão do Tempo

Siga-nos

    facebook FaceBook
insta icon Instagram
Twitter
linkedinico LinkedIn

Banco de Notícias

Assessoria de Comunicação Social e Relações Públicas - comunicaaiunai@gmail.com   -  (38)3677-9610 Ramal 9039
other a Sala de Imprensa (clique)

Notícias publicadas no período: 29/03/2005 até 17h24 do dia 13/12/2012

Prev Next Página:

18 de maio: oriente, ouça, denuncie!

18 de maio: oriente, ouça, denuncie!

18/05/2022 - Por Ricardo Ribas

SAÚDE – RETROSPECTIVA 2021

SAÚDE – RETROSPECTIVA 2021

29/12/2021 - Por Ricardo Ribas

CULTURA E TURISMO – RETROSPECTIVA 2021

CULTURA E TURISMO – RETROSPECTIVA 2021

28/12/2021 - Por Ricardo Ribas

ESPORTE E LAZER – RETROSPECTIVA 2021

ESPORTE E LAZER – RETROSPECTIVA 2021

28/12/2021 - Por Ricardo Ribas

FAZENDA MUNICIPAL – RETROSPECTIVA 2021

FAZENDA MUNICIPAL – RETROSPECTIVA 2021

28/12/2021 - Por Ricardo Ribas

GOVERNO (SEGOV) – RETROSPECTIVA 2021

GOVERNO (SEGOV) – RETROSPECTIVA 2021

28/12/2021 - Por Ricardo Ribas

EDUCAÇÃO – RETROSPECTIVA 2021

EDUCAÇÃO – RETROSPECTIVA 2021

27/12/2021 - Por Ricardo Ribas

Chuvas: Unaí em alerta

Chuvas: Unaí em alerta

24/12/2021 - Por Assessoria de Comunicação

Rosqueiro, por quê?

Rosqueiro, por quê?

19/10/2021 - Por Assessoria de Comunicação

Unaí no FCO é tema de audiência na Presidência

Unaí no FCO é tema de audiência na Presidência

30/09/2021 - Por Assessoria de Comunicação

Começou o Ruralão 2021

Começou o Ruralão 2021

14/09/2021 - Por Assessoria de Comunicação

Zumba volta a movimentar UAI

Zumba volta a movimentar UAI

22/06/2021 - Por Ricardo Ribas

Retirada de canteiros segue a todo vapor

Retirada de canteiros segue a todo vapor

29/06/2020 - Por Ricardo Ribas

Asfalto chega a Pedras de Marilândia

Asfalto chega a Pedras de Marilândia

17/06/2020 - Por Ricardo Ribas

Dengue em Unaí: muita larva e alto risco

Dengue em Unaí:  muita larva e alto risco

20/01/2020 - Por Ricardo Ribas

Creche e pré-escolar: matriculas abertas

Creche e pré-escolar: matriculas abertas

09/12/2019 - Por Junei Martins

Papai Noel já chegou em Unaí

Papai Noel já chegou em Unaí

02/12/2019 - Por Junei Martins

VORTEX: BATALHA DE RIMA LOTA PRAÇA DA AABB

VORTEX: BATALHA DE RIMA LOTA PRAÇA DA AABB

30/10/2019 - Por Junei Martins

Unaí vai inaugurar UTI nesta sexta-feira

Unaí vai inaugurar UTI nesta sexta-feira

16/10/2019 - Por Junei Martins

Teatro unaiense premiado em Ponte Nova

Teatro unaiense premiado em Ponte Nova

23/09/2019 - Por Junei Martins

Unaí tem 60 mototaxistas legalizados

Unaí tem 60 mototaxistas legalizados

16/09/2019 - Por Junei Martins

Verdão da Serra de volta

Verdão da Serra de volta

13/09/2019 - Por Junei Martins

Aberto o cadastro escolar para 2020

Aberto o cadastro escolar para 2020

01/07/2019 - Por Ricardo Ribas

Grota do Cidade Nova com os dias contados

Grota do Cidade Nova com os dias contados

27/06/2019 - Por Ricardo Ribas

RETROSPECTIVA – AMALEGIS 2017/2018

RETROSPECTIVA – AMALEGIS 2017/2018

24/01/2019 - Por Ricardo Ribas

Unaí 75 anos: celebração oficial de gala

Unaí 75 anos:  celebração oficial de gala

16/01/2019 - Por Ricardo Ribas

RETROSPECTIVA – CULTURA E TURISMO 2017/2018

RETROSPECTIVA – CULTURA E TURISMO 2017/2018

21/12/2018 - Por Ricardo Ribas

RETROSPECTIVA – FAZENDA 2017/2018

RETROSPECTIVA – FAZENDA 2017/2018

21/12/2018 - Por Ricardo Ribas

RETROSPECTIVA – SAAE 2017/2018

RETROSPECTIVA – SAAE 2017/2018

20/12/2018 - Por Ricardo Ribas

RETROSPECTIVA – SAÚDE 2017/2018

RETROSPECTIVA – SAÚDE 2017/2018

19/12/2018 - Por Ricardo Ribas

RETROSPECTIVA – ESPORTE E LAZER 2017/2018

RETROSPECTIVA – ESPORTE E LAZER 2017/2018

18/12/2018 - Por Ricardo Ribas

RETROSPECTIVA – MEIO AMBIENTE 2017/2018

RETROSPECTIVA – MEIO AMBIENTE 2017/2018

18/12/2018 - Por Ricardo Ribas

RETROSPECTIVA – EDUCAÇÃO 2017/2018

RETROSPECTIVA – EDUCAÇÃO 2017/2018

17/12/2018 - Por Ricardo Ribas

RETROSPECTIVA ADMINISTRAÇÃO 2017/2018

RETROSPECTIVA ADMINISTRAÇÃO 2017/2018

12/12/2018 - Por Ricardo Ribas

Prefeitura paga servidores nesta sexta (28/9)

Prefeitura paga servidores nesta sexta (28/9)

26/09/2018 - Por Ricardo Ribas

Unaí terá Banco de Alimentos

Unaí terá Banco de Alimentos

17/08/2018 - Por Ricardo Ribas

Falta de UTI volta à pauta de discussões

Falta de UTI volta à pauta de discussões

27/07/2018 - Por Ricardo Ribas

Escolas municipais recebem mobiliário novo

Escolas municipais recebem mobiliário novo

11/04/2018 - Por Ricardo Ribas

Comprado elevador para prédio da Prefeitura

Comprado elevador para prédio da Prefeitura

14/03/2018 - Por Ricardo Ribas

Uma tarde para falar da saúde do homem

Uma tarde para falar da saúde do homem

01/12/2017 - Por Ricardo Ribas

Chuva provoca perdas e danos no Cidade Nova

Chuva provoca perdas e danos no Cidade Nova

28/11/2017 - Por Ricardo Ribas

Prefeitura retoma operação tapa-buracos

Prefeitura retoma operação tapa-buracos

23/06/2017 - Por Assessoria de Comunicação

Organizadores avaliam Festa do Boqueirão

Organizadores avaliam Festa do Boqueirão

14/06/2017 - Por Ricardo Ribas

Aberta oficialmente a 15ª Semana de Museus

Aberta oficialmente a 15ª Semana de Museus

16/05/2017 - Por Ricardo Ribas

Conferência de Saúde aprova 83 propostas

Conferência de Saúde aprova 83 propostas

10/05/2017 - Por Ricardo Ribas

Escola Glória Moreira comemora 18 anos

Escola Glória Moreira comemora 18 anos

04/05/2017 - Por Ricardo Ribas

União: Prefeitura de Unaí, SAAE e UFVJM vão trabalhar juntos

União: Prefeitura de Unaí, SAAE e UFVJM vão trabalhar juntos

07/04/2017 - Por Assessoria de Comunicação

PMU inicia cirurgias de castração de cães

PMU inicia cirurgias de castração de cães

21/03/2017 - Por Ricardo Ribas

Prefeitura participa de blitz comemorativa do Dia da Mulher

Prefeitura participa de blitz comemorativa do Dia da Mulher

08/03/2017 - Por Assessoria de Comunicação

Prefeitura e Ascanor definem parceria para a 19ª. Festa da Moagem

Prefeitura e Ascanor definem parceria para a 19ª. Festa da Moagem

24/02/2017 - Por Assessoria de Comunicação

PSF´s do Primavera e Novo Horizonte se mobilizam contra a Dengue

PSF´s do Primavera e Novo Horizonte se mobilizam contra a Dengue

24/02/2017 - Por Assessoria de Comunicação

Prefeitura retira quebra-molas desnecessários

Prefeitura retira quebra-molas desnecessários

23/02/2017 - Por Assessoria de Comunicação

Unaí quer implantação de Samu

Unaí quer implantação de Samu

13/02/2017 - Por Assessoria de Comunicação

Município recebe novos ônibus para transporte escolar

Município recebe novos ônibus para transporte escolar

13/02/2017 - Por Assessoria de Comunicação

Tapa-buracos depende da usina e da chuva

Tapa-buracos depende da usina e da chuva

06/02/2017 - Por Ricardo Ribas

Governo de Unaí quer fiscalização atuante

Governo de Unaí quer fiscalização atuante

02/02/2017 - Por Ricardo Ribas

Prefeitura vai pagar menos por combustível

Prefeitura vai pagar menos por combustível

01/02/2017 - Por Ricardo Ribas

Administração renegocia contrato de transporte coletivo

Administração renegocia contrato de transporte coletivo

01/02/2017 - Por Assessoria de Comunicação

Prefeitura quer acabar com filas na Central de Regulação

Prefeitura quer acabar com filas na Central de Regulação

20/01/2017 - Por Assessoria de Comunicação

Governo vai extinguir quatro Secretarias Municipais

Governo vai extinguir quatro Secretarias Municipais

19/01/2017 - Por Assessoria de Comunicação

Unimontes vai ampliar presença em Unaí

Unimontes vai ampliar presença em Unaí

18/01/2017 - Por Assessoria de Comunicação

Hospital Municipal quer se livrar de sucatas

Hospital Municipal quer se livrar de sucatas

17/01/2017 - Por Assessoria de Comunicação

Branquinho recebe servidores do Unaprev

Branquinho recebe servidores do Unaprev

12/01/2017 - Por Ricardo Ribas

Limpeza de Unaí começa pela Praça JK

Limpeza de Unaí começa pela Praça JK

05/01/2017 - Por Ricardo Ribas

Visita a secretarias e órgãos municipais

Visita a secretarias e órgãos municipais

03/01/2017 - Por Ricardo Ribas

Prefeito faz 1ª reunião com secretariado

Prefeito faz 1ª reunião com secretariado

03/01/2017 - Por Ricardo Ribas

Manhã cívica marca início dos trabalhos

Manhã cívica marca início dos trabalhos

02/01/2017 - Por Ricardo Ribas

ADEUS GROTA DO TAQUARIL

ADEUS GROTA DO TAQUARIL

30/06/2016 - Por Ricardo Ribas

CCZ oferece seis cães para adoção

CCZ oferece seis cães para adoção

27/06/2016 - Por Ricardo Ribas

Por que fazer o Cartão Unaí Saúde?

Por que fazer o Cartão Unaí Saúde?

23/02/2016 - Por Ricardo Ribas

UAI promove 1º Forró para os idosos

UAI promove 1º Forró para os idosos

14/01/2016 - Por Ricardo Ribas

Diplomados os novos conselheiros tutelares

Diplomados os novos conselheiros tutelares

11/01/2016 - Por Ricardo Ribas