topo ban fine

 
 

servicos solicitar banner

Dengue: alto índice de infestação provoca mutirão de limpeza no Novo Horizonte

O aumento de casos registrados de dengue em Unaí (317 até a última quarta-feira - 18/2) e o alto índice de infestação larvária encontrado na região do bairro Novo Horizonte provocaram a Secretaria Municipal da Saúde (Sesau) a realizar um mutirão de limpeza nos bairros Novo Horizonte e Iúna. Cerca de 50 agentes de Saúde e de Endemias percorreram as ruas desses bairros na manhã desta sexta-feira (20/2), orientando e sensibilizando os moradores para a necessidade de coletar recipientes que possam reter água da chuva, transformando-se em potencial criadouro do mosquito da dengue.

Além de distribuir material informativo (sobre prevenção e combate à dengue) de casa em casa, os agentes também distribuíram sacos de lixo e orientaram os moradores sobre a limpeza e a manutenção das casas, quintais e lotes vagos. Os sacos com o lixo acondicionado seriam recolhidos pelo caminhão da Secretaria Municipal de Obras, que enviou sete servidores para dar apoio às ações do mutirão.

Presente ao início dos trabalhos, o secretário municipal de Saúde, Ernandes de Menezes Júnior, falou da importância do mutirão num momento tão delicado, mas destacou, especialmente, a necessidade de os moradores se envolverem no combate ao mosquito.

"Pedimos, não só à comunidade do Novo Horizonte, mas de toda Unaí, que nos ajude a limpar e evitar que suas casas se tornem criadouros do mosquito. Nós, da Secretaria de Saúde, somos pouco mais de 50 pessoas realizando este trabalho, e é muito difícil percorrer mais de 50 mil casas em Unaí, fazendo o serviço casa por casa. Pedimos, portanto, a compreensão e a colaboração da comunidade, para evitar uma futura epidemia de dengue", conclamou Ernandes.

Alerta

Os 317 casos "oficiais" registrados até quarta-feira passada (18/2) colocaram as autoridades de saúde em situação de alerta. Foram 164 registros somente na semana passada. A multiplicação rápida de pessoas infectadas pela dengue motivou uma reunião na Gerência Regional de Saúde (GRS) entre autoridades da Sesau, da GRS e do Comitê Antidengue. O município está pleiteando ao Estado o envio dos agentes da força-tarefa de combate à doença, a fim de prevenir uma provável epidemia em Unaí, caso a situação se agrave.

No último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) realizado em Unaí, o resultado revelou dados preocupantes. Os números mais reveladores de infestação ocorreram na região do bairro Novo Horizonte, com 11,5% do índice de infestação por larvas do mosquito.

Igualmente preocupante é o índice de 9,1% apontado na região do Politécnica/Cachoeira e bairros vizinhos. Nenhuma região avaliada ficou dentro do valor "ideal" preconizado pelo Ministério da Saúde, que é abaixo de 1% do índice de infestação larvária.

De acordo com a Planilha Simplificada de Acompanhamento Semanal dos Casos Notificados da Dengue elaborada pela GRS, Unaí encontra-se no patamar de "alta" taxa de incidência e de transmissão, numa tabela que inclui os níveis silencioso, baixa, média e alta transmissão.

Desde os meses de outubro/novembro/dezembro de 2014, a Secretaria da Saúde de Unaí vem realizando ações preventivas contra a dengue. A mais forte das ações foi o mutirão de limpeza feito em todos os bairros da cidade nos meses de novembro/dezembro. Toneladas de "lixo" foram removidas dos domicílios e um intenso trabalho de orientação foi feito com os moradores.

A Sesau também realiza ações permanentes por meio de campanhas educativas de orientação e sensibilização em domicílios, escolas, empresas; faz uso preventivo com larvicida nos domicílios; promve ações de bloqueio e borrifação de inseticida em todo o quarteirão onde surgem casos novos de pessoas infectadas; e prepara os PSFs (unidades do Programa de Saúde da Família) para atendimento dos casos suspeitos ou já confirmados da doença.

Os PSFs Jacilândia, Primavera e Caic se tornaram referência para o atendimento das pessoas que não estão cadastradas em nenhum PSF ou não contam ainda com um PSF em seu bairro.

lira 0001
Na luta contra a dengue, agentes de Saúde e de Endemias se preparam para ir de casa em casa,
no bairro Novo Horizonte, levando orientações e mensagens aos moradores, para manter casas,
quintais e lotes vagos livres dos criadouros do mosquito transmissor


lira 0002
O mutirão de limpeza no Novo Horizonte foi motivado pelo alto percentual de infestação
larvária e  pela multiplicação dos casos registrados de pessoas doentes




SmartNews.com
Previsão do Tempo

Siga-nos

    facebook FaceBook
insta icon Instagram
Twitter
linkedinico LinkedIn

Banco de Notícias

Assessoria de Comunicação Social e Relações Públicas - comunicaaiunai@gmail.com   -  (38)3677-9610 Ramal 9039
other a Sala de Imprensa (clique)

Notícias publicadas no período: 29/03/2005 até 17h24 do dia 13/12/2012