Saúde: paciente que marca e não comparece tira vaga de outro que precisa

A situação é mais ou menos esta: a pessoa marca uma consulta médica, um exame laboratorial ou um procedimento odontológico. E não comparece no dia marcado e nem avisa a unidade de saúde, com antecedência, que vai faltar. Resultado: mobiliza os profissionais de saúde e retira a oportunidade de outro paciente que estava precisando do mesmo atendimento e aguarda na fila. Para organizar essa situação, principalmente no atendimento com dentistas, setor no qual a falta de pacientes (sem jutificativa ou aviso prévio) é mais frequente, a Secretaria Municipal de Saúde está pedindo aos pacientes que avisem as faltas "justificadas" com antecedência.

 

Em situação normal, um dentista atende uma média de seis pacientes por turno de quatro horas de trabalho (chegando a nove pacientes em alguns casos). A Secretaria Municipal de Saúde registra casos em que metade dos pacientes marcados não comparece e nem avisa a tempo (que vai faltar), impedindo a unidade de saúde de convocar outro paciente que aguarda por um atendimento odontológico. Essas ocorrências são maiores nas unidades do PSF Canabrava, do PSF Politécnica e da Escola Estadual Delvito Alves.

 

O atendimento pelos 19 dentistas da Prefeitura é feito de segunda a sexta-feira em várias unidades de saúde da cidade. O morador pode procurar qualquer delas para realizar procedimentos como tratamento de cáries, limpeza, restauração, extração. Além de atenderem nos turnos da manhã e da tarde, três dessas unidades trabalham com horário estendido de dentistas: a do PSF Canabrava e da Escola Delvito Alves funcionam também das 18h às 22h, e a do Abrigo Frei Anselmo, das 17h às 21h. A medida objetiva dar oportunidade para quem trabalha o dia todo e precisa de atendimento odontológico.

 

Urgência

 

Pacientes acometidos de dor aguda nos dentes, rosto inchado originado de problemas dentários, que não dormiu à noite por causa da dor, ou com outras urgências e emergências não necessitam de marcação prévia para o atendimento. Nas situações mais graves, o paciente pode procurar uma unidade de saúde com consultório odontológico para obter o atendimento "o mais rapidamente possível".

 

Saúde Bucal:  3677-5049 (ramal 209)

 

dentist 0001