topo ban fine

 
 

servicos solicitar banner

Programa Saúde na Escola teve início em seis unidades escolares

As Escolas Municipais Israel Pinheiro (Canaã) e Tomaz Pinto (Mamoeiro), as creches Aquarela (Canaã) e Branca de Neve (Mamoeiro), e as Escolas Estaduais Vigário Torres (Centro) e Tancredo Neves (Politécnica) são as primeiras a receber o projeto piloto do Programa Saúde na Escola. Ações de saúde preventiva serão trabalhadas com os alunos ao longo do ano. As primeiras ações foram desenvolvidas no mês de abril, com orientações sobre prevenção e combate à dengue. Neste mês (maio), joguinhos estão estimulando as crianças em atividades físicas e de lazer. Ainda em maio, as creches promovem a triagem auditiva dos alunos e, nesta segunda-feira (20/5), começa a busca ativa pela atualização do cartão de vacina das crianças.
 

A execução do Programa Saúde na Escola é fruto de iniciativa articulada entre as Secretarias Municipais de Saúde e de Educação. O PSE, com seus 12 eixos, é uma política conjunta também dos Ministérios da Saúde e da Educação, que visa dar noções básicas para que os alunos da rede pública de ensino adotem medidas de saúde preventiva, com vistas à aquisição de uma melhor qualidade de vida no futuro.

 

O nome das escolas unaienses apontadas para receber o PSE foi decidido em reuniões do grupo de trabalho, que contam com a presença dos secretários municipais das duas pastas, saúde e educação. Dos 12 eixos propostos pelo programa, o município de Unaí já iniciou quatro ações: prevenção e combate à dengue; promoção das práticas corporais, atividades físicas e de lazer; triagem auditiva dos alunos; e checagem dos cartões de vacinação.

 

Combate à dengue

 

Pessoal do setor de educação em saúde percorreu as escolas, em abril, orientando e passando informações sobre como combater o mosquito, manter os domicílios livres dos criadouros e o que fazer em caso de contrair a doença. Na Escola Estadual Vigário Torres, os alunos tiveram uma atividade extra: recolher latinhas de alumínio que seriam trocadas por material escolar (lápis, caneta, borracha, caderno, lápis de cor).

 

O trabalho de orientação à prevenção e combate à dengue já é uma atividade desenvolvida ao longo do ano nas escolas unaienses pelo setor de educação em saúde. O PSE incorpora e amplia o programa nas escolas selecionadas.

 

Práticas corporais, físicas e de lazer

 

Na primeira semana de maio, enfermeiras e agentes de saúde foram às creches para aplicar joguinhos lúdicos que estimulam as crianças a desenvolverem noções de práticas corporais, e facilitar a iniciação às atividades motoras e de lazer.

 

Triagem auditiva

 

Neste mês, também estão sendo desenvolvidas ações de promoção da saúde auditiva e identificação de estudantes com possíveis sinais de alteração nos ouvidos. O principal alvo serão as crianças com até quatro anos de idade.

 

Depois de treinados por uma profissional de saúde, os próprios professores das creches estão utilizando instrumento (de detecção de problema auditivo) desenvolvido pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em parceria com uma universidade francesa. Alunos com diifculdades para ouvir serão encaminhados para auxílio especializado.

 

Situação vacinal

 

E nesta segunda-feira (20/5), enfermeiros iniciaram ação de busca ativa pelo cartão de vacinação das crianças, para atualização vacinal. O alvo da semana são os alunos do 1º e 2º ano do ensino fundamental (das escolas participantes) e as crianças das duas creches.

 

Os pais (ou responsáveis) foram avisados pela escola, por meio de comunicado, para apresentação do cartão de vacina da criança. E, caso a criança não esteja com as vacinas todas em dia, os pais também serão informados para providenciar a vacinação do filho.

 

Saúde bucal

 

O município já possui um programa de saúde bucal nas escolas, o Sorria Unaí. O PSE, no entanto, poderá incorporar e ampliar o programa (primeiro nas unidades selecionadas) com seu eixo "Promoção e avaliação de saúde bucal e aplicação tópica de flúor".

 

Triagem ocular

 

Em julho, as escolas e creches do projeto piloto devem receber as ações de promoção da saúde ocular e identificação de possíveis sinais de alteração na capacidade visual dos estudantes.

 

Crianças e adolescentes receberão informações sobre como proteger os olhos, preservar a saúde ocular e evitar acidentes. Casos rastreados de problema visual serão encaminhados para assistência especializada.

 

Outros eixos

 

Pelo fato de Unaí ter aderido ao PSE, outros seis eixos também precisam ser desenvolvidos pelo grupo de trabalho, mas aguardam agendamento das ações: 1) Promoção da segurança alimentar e nutricional e da alimentação saudável e combate à obesidade infantil ; 2) Direito sexual e reprodutivo e prevenção de DST/AIDS; 3) Prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas; 4) Promoção da Cultura de Paz, Cidadania e Direitos Humanos; 5) Prevenção das violências e dos acidentes; 6) Identificação de estudantes com possíveis sinais de agravos de doenças em eliminação (como hanseníase ou tracoma, por exemplo).

 

Fotos: Secretaria de Saúde 


pse2 0001

pse2 0003 
pse2 0002

 

 

SmartNews.com
Previsão do Tempo

Siga-nos

    facebook FaceBook
insta icon Instagram
Twitter
linkedinico LinkedIn

Banco de Notícias

Assessoria de Comunicação Social e Relações Públicas - comunicaaiunai@gmail.com   -  (38)3677-9610 Ramal 9039
other a Sala de Imprensa (clique)

Notícias publicadas no período: 29/03/2005 até 17h24 do dia 13/12/2012