topo ban fine

 
 

servicos solicitar banner

PMU possui Junta Reguladora para triar pacientes com deficiência física e intelectual

Pessoas com deficiência física e intelectual que necessitam de atendimento multiprofissional devem ser encaminhadas para o Centro Especializado em Reabilitação (CER II), que funciona no âmbito da Apae Unaí. Antes, porém, devem ser triadas pela Junta Reguladora, serviço oferecido pela Prefeitura de Unaí. A Junta funciona em espaço anexo à Central de Regulação de Saúde, na rua Aldeia, 577 (entre as ruas Natal Justino da Costa e Buritis). O telefone para mais informações é o 3677-5061, ramal 4015.

 

Paralelamente ao serviço de reabilitação com profissionais especializados, essa política pública oferece gratuitamente próteses, órteses, cadeiras de rodas motorizadas, cadeiras de banho, muletas, bolsas de colostomia (para pacientes ostomizados), sapatos ortopédicos (inclusive para pacientes diabéticos com pés machucados), palmilhas e outros dispositivos.

 

Bebês prematuros, ou com enfermidades congênitas, também devem passar pelo atendimento com especialistas do CER, para estimulação precoce. O Centro Especializado em Reabilitação é o único em Unaí com capacitação técnica para esses procedimentos. Todos os procedimentos, no entanto, precisam ser anteriormente triados pela Junta Reguladora.

 

A Junta Reguladora das Pessoas com Deficiência Física e Intelectual é composta por dois profissionais de saúde, um pedagogo, uma assistente social e um técnico administrativo. A Junta é a porta de entrada para o atendimento de quem necessita dos serviços de reabilitação e dos dispositivos complementares (órteses, próteses e outros equipamentos).

 

Após a triagem, a Junta encaminha (também) para o serviço especializado pacientes com mal de Alzheimer, doença de Parkinson, esclerose múltipla, esclerose lateral amiotrófica (ELA) e outras doenças degenerativas.

 

Familiares de pacientes sequelados por AVC (derrame), vítimas de acidentes com perda de membros (pernas, braços, mãos), de queimaduras graves, traumatismos, paraplegia, tetraplegia e outras limitações também podem procurar a Junta Reguladora, a fim de buscar tratamento de reabilitação.

 

O atendimento especializado em reabilitação visa desenvolver as habilidades funcionais das pessoas com deficiência e limitações graves. Assegura a elas mais autonomia e independência. Cegos e surdos também podem buscar os benefícios para melhorar sua qualidade de vida. 

 

Bebês prematuros

 

Um dos mais importantes serviços oferecidos pelo CER é o Programa de Intervenção Precoce Avançado (PIPA), direcionado a bebês prematuros que necessitam de assistência. O Centro de Reabilitação possui equipe especializada para fazer a estimulação precoce de prematuros.

 

Bebês que nasceram antes do tempo, ou filhos de mães (as quais) desenvolveram doenças durante a gestação, precisam ser avaliados e, não raro, passar por procedimentos no CER.

 

Síndrome de Down, paralisia cerebral, transtornos raros e autismo fazem parte do rol de enfermidades que demandam assistência especializada e devem dar entrada na Junta de Regulação.

 

No CER, os pacientes contam com equipe multiprofissional capacitada para promover o atendimento especializado. Equipe composta por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, nutricionista, fonoaudiólogo, psicólogo, psicopedagogo, psicoterapeuta, terapeuta ocupacional.

 

Mas para chegar até o Centro Especializado em Reabilitação (na Apae Unaí), o processo dos pacientes precisa passar pela Junta Reguladora das Pessoas com Deficiência (física e intelectual), que funciona no espaço da Central de Regulação de Saúde, na rua Aldeia, 577, Centro. O telefone da Junta para mais informações é o 3677-5061, ramal 4015.

 

Com sede em Unaí, a Junta é responsável pela regulação de pacientes de 12 municípios cobertos pela Gerência Regional de Saúde (GRS Unaí). Cada município integrante da GRS possui sua referência técnica responsável pelo encaminhamento de pacientes com deficiência.

 

Para o atendimento na junta, familiares do paciente – ou o próprio paciente – precisam apresentar os documentos pessoais, o cartão do SUS, o comprovante de residência, o encaminhamento médico e a guia de tratamento fora do domicílio.

 

juntaa 0001
Antes do atendimento no CER (foto), o processo do paciente deve passar pela Junta Reguladora
da Pessoa com Deficiência Física e Intelectual
 

juntaa 0002
A Junta Reguladora funciona anexa à Central de Regulação de Saúde, na rua Aldeia, 577

 

SmartNews.com
Previsão do Tempo

Siga-nos

    facebook FaceBook
insta icon Instagram
Twitter
linkedinico LinkedIn

Banco de Notícias

Assessoria de Comunicação Social e Relações Públicas - comunicaaiunai@gmail.com   -  (38)3677-9610 Ramal 9039
other a Sala de Imprensa (clique)

Notícias publicadas no período: 29/03/2005 até 17h24 do dia 13/12/2012