topo ban fine

 
 

servicos solicitar banner

PMU solicita retirada de veículos abandonados em vias públicas

A Prefeitura de Unaí, por meio do Departamento Municipal de Trânsito, pede aos proprietários de veículos abandonados que os retire das vias públicas. A solicitação faz parte de uma campanha que visa a remoção espontânea. O veículo abandonado nas vias públicas traz problemas de segurança e, por desconhecido, pode até ensejar questionamento de alguns  (é veículo objeto de furto ou roubo? O dono é pessoa idônea? Alguém pode se esconder no interior do veículo?) e de saúde pública (esconderijo de animais peçonhentos? Criadouro de insetos e mosquitos, da dengue, por exemplo?); gera reclamações de vizinhos e ainda infringe artigo de legislação municipal que prevê proibição para casos do gênero.

 

"Primeiramente, queremos apenas convocar os proprietários desses veículos a fazerem a retirada espontânea. Para isso, vamos usar as redes sociais na internet", ressalta o diretor do Departamento Municipal de Trânsito, Isaías José de Freitas, que assumiu recentemente o departamento e já identificou, num giro pelo centro da cidade, oito veículos abandonados (só na região central).

 

Ele explica que a situação do veículo abandonado, ainda que esteja com a documentação em dia, é completamente diferente da do veículo apenas estacionado. Pneus vazios, pintura avariada e empoeirada, vidros quebrados, entre outros indícios, caracterizam o abandono. Muitos dos casos já estão sendo denunciados por vizinhos e transeuntes. "Esperamos que a população abrace a causa e possamos resolver esse problema, principalmente porque o período chuvoso vai se aproximando e aumenta o perigo, principalmente por causa da dengue", salienta Isaías.

 

Infração

 

Depois da campanha (de orientação) pelas redes sociais e aplicativos de mensagens exortando os donos a remover os veículos, os que sobrarem nas vias públicas serão objeto de notificação. Qual a história desse veículo que está abandonado? Quem é o dono? Por que o veículo está abandonado?

 

O diretor de Fiscalização da Prefeitura de Unaí, Ronald Lima de Paiva, disse que precisa responder a essas perguntas, para (em grande parte dos casos) chegar aos proprietários. Mas, para isso, ele ressalta, é necessária a parceria da polícia. "A maioria dos carros está emplacada, e pelo banco de dados e do prontuário do dono na polícia, podemos identificar, notificar e multar aqueles que resistirem".

 

Para que a ação tenha o melhor resultado, na opinião de Ronald, os departamentos de Fiscalização e de Trânsito da Prefeitura devem trabalhar em conjunto com a Polícia.

 

De acordo com Isaías, a ideia é não precisar chegar ao ponto de ter que remover o veículo para o pátio da polícia, pois pesará no bolso do proprietário o pagamento pelo guincho e pelas diárias de estadia. Retirando o veículo o quanto antes da via pública, antes da notificação, o dono evita dissabores, como gastar dinheiro desnecessariamente. 

 

veaband 0002


veaband 0003

veaband 0001

SmartNews.com
Previsão do Tempo

Siga-nos

    facebook FaceBook
insta icon Instagram
Twitter
linkedinico LinkedIn

Banco de Notícias

Assessoria de Comunicação Social e Relações Públicas - comunicaaiunai@gmail.com   -  (38)3677-9610 Ramal 9039
other a Sala de Imprensa (clique)

Notícias publicadas no período: 29/03/2005 até 17h24 do dia 13/12/2012