Travessia Urbana: projeto “corrigido” de rotatória foi entregue ao Dnit

Comissão composta por representantes da Prefeitura, do bairro Riviera Park e da Associação Noroeste Mineiro de Estudos e Combate ao Câncer (Anmecc) esteve, nessa segunda-feira (15/2), na Unidade Local do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit ), em Paracatu. Os unaienses entregaram ao supervisor do órgão, engenheiro Antônio Péricles, projeto (com as correções exigidas pelo Dnit) para a construção da rotatória que facilitará o retorno na BR-251 de entrada para o bairro Riviera Park e para o aeroporto.

Desde que foi inaugurada, a obra da travessia urbana (de responsabilidade do Governo Federal, via Dnit) vem causando transtornos para quem necessita acessar o bairro Riviera Park, situação que sacrifica especialmente os moradores.

Condutores de veículos que seguem no sentido Centro-Riviera Park na BR-251 (pista direção a Brasília) precisam seguir até depois do Colina Club para fazer o retorno, porque o projeto original não contemplou uma entrada (mais próxima e adequada) para o bairro.

Para reclamar uma solução e chamar a atenção da sociedade para o problema, moradores promoveram manifestações públicas de protesto (chegaram a interditar o trânsito na BR-251) e lideranças do bairro se reuniram com autoridades locais, entre as quais o prefeito Delvito Alves.

A administração municipal encomendou o projeto e vem fazendo gestões junto à diretoria do Dnit no sentido de atender a todas as exigências para a construção da rotatória o mais rapidamente possível. A expectativa é que as correções do projeto sejam aprovadas e o órgão federal autorize o início da obra.

dnitparaca 0001
Secretário municipal João Lúcio (Obras), juntamente com representantes do bairro
Riviera Park e da Anmecc, entrega projeto "corrigido" a supervisor do Dnit;
A comissão unaiense pede rapidez na autorização da obra