topo ban fine

 
 

servicos solicitar banner

Projeto da PMU com IEF começa por plantio de 300 árvores na Serra do Taquaril

O projeto de Recuperação e Paisagismo da Serra do Taquaril iniciou-se na manhã desta quinta-feira (20/12), com o plantio de mudas produzidas no Viveiro Municipal e no Viveiro do Instituto Estadual de Florestas (IEF). Foram plantadas mudas de ipê (amarelo e roxo), sabonete de soldado, amora, canafístula, aroeira e outras espécies nativas do cerrado. Mais de 20 pessoas estiveram envolvidas no plantio, entre servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, da Secretaria Municipal de Obras, do IEF, dois vereadores (Valdir Porto e Tião do Rodo) e de voluntários. Essa primeira atividade faz parte de outras que vão resultar no plantio de cerca de 5.000 árvores na serra do Taquaril até o final de 2020.

 

As mudas foram plantadas inicialmente no topo da serra, num cinturão criado em torno do cruzeiro, e algumas regiões sem árvores. As margens da estrada, que dá acesso ao cruzeiro, também receberam mudas. "Percebemos vários pontos sem árvores aqui na serra, que estão sofrendo processo de erosão. Precisamos cuidar, porque esses problemas podem ser agravados nos próximos anos", afirmou a secretária municipal de Meio Ambiente, Cátia Regina Rocha.

 

A escolha dos locais do plantio inicial é justificada pelo supervisor regional do IEF, Marcos Guimarães: "estamos plantando um cinturão de árvores em cima da serra, para depois irmos descendo. Isso para segurar a terra e a água no topo da serra, e evitar que a chuva leve as mudas recém-plantadas. Quanto a começar o plantio agora, Guimarães explica que o momento é propício, já que as primeiras chuvas encharcaram o solo. Em janeiro, com a estabilidade do solo garantida pela umidade, a expectativa é plantar outras mil mudas.

 

Além do aspecto de recuperação e revitalização da cobertura vegetal, Guimarães chama a atenção para o efeito estético que o plantio de ipês vai surtir na serra do Taquaril. "Por isso, estamos chamando o projeto também de 'paisagístico', porque daqui a cinco ou seis anos, quando o ipê florir, vai embelezar a serra e formar um efeito visual muito agradável para quem olhar a serra lá da cidade".

 

Área de proteção

 

A secretária Cátia Rocha lembra que a serra do Taquaril é uma área de preservação ambiental, cujo documento de  delimitação de território foi encaminhado para o Ministério Público. Por ser uma APA, técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e do IEF já iniciaram a construção do plano de manejo da área. Nesse plano, haverá a determinação de quais atividades poderão ser desenvolvidas no espaço e como serão toleradas. O documento, na opinião da secretária do meio Ambiente, precisa ser muito bem feito, porque precisa contemplar tudo o que "já existe" na serra e o que ainda pode ser inserido.

 

"Esse plano de manejo é necessário, porque vai estabelecer quais as áreas poderão ser ocupadas na serra, como e para quê. Por exemplo, onde as pessoas poderão fazer suas orações, onde serão os pontos de turismo, onde as pessoas não poderão entrar com veículos, por onde vão caminhar, enfim, um mapeamento geral da serra delimitando os espaços utilizados para esporte, turismo, proteção ambiental, cultura, lazer, contemplação, mirante", explicou Cátia.

 

Para dar sustentação ao projeto APA, a Prefeitura conta com o apoio de entidades da sociedade civil, associações, igrejas e órgãos públicos. "Já fizemos quatro reuniões com a Promotoria Pública, duas com a Igreja Católica, com igrejas evangélicas e com a Secretaria de Cultura e Turismo. As próximas reuniões vão envolver a Secretaria de Esportes, também importante na união dos esforços de consolidação da APA Serra do Taquaril.

 

E nesse esforço para consolidar a área, o plantio desta quinta-feira (20/12) foi apenas o primeiro passo de um longo caminho ainda a ser percorrido. "Vamos construindo assim, passo a passo. Combinamos com a Secretaria de Meio Ambiente para que este seja um trabalho contínuo", ressaltou Marcos Guimarães.

 

"Hoje é o primeiro passo. Até agora, fomos doadores de mudas. A partir de agora, vamos plantar, efetivamente. Vamos continuar doando as mudas, mas vamos plantá-las também", afirmou a secretária Cátia, revelando que o projeto de plantio e paisagístico da serra, feito em parceria com o IEF, vai se estender também para outros pontos, como as vias de entrada da cidade (vindo de Brasília, Paracatu e Buritis).

 

ieftaqq 0001


catmarr 0001

SmartNews.com
Previsão do Tempo

Siga-nos

    facebook FaceBook
insta icon Instagram
Twitter
linkedinico LinkedIn

Banco de Notícias

Assessoria de Comunicação Social e Relações Públicas - comunicaaiunai@gmail.com   -  (38)3677-9610 Ramal 9039
other a Sala de Imprensa (clique)

Notícias publicadas no período: 29/03/2005 até 17h24 do dia 13/12/2012