Chuva provoca perdas e danos no Cidade Nova

Equipes da Prefeitura foram acionadas, na manhã desse domingo (26/11), para socorrer famílias que tiveram as casas atingidas pelas chuvas no fim de semana. A forte chuva de sábado contribuiu para alagar 11 casas e desalojar uma família no bairro Cidade Nova. Representantes da Secretaria Municipal de Obras e da Secretaria de Desenvolvimento Social, juntamente com a Defesa Civil Municipal, estiveram no local e cada qual interveio na tomada das primeiras providências.

 

A Defesa Civil Municipal (composta por servidores da Prefeitura) colheu os primeiros dados no local, para fazer o relatório e preparar um plano para situações de emergência. As primeiras informações "in loco" deram conta que "barraginhas ou curvas de nível" construídas em loteamento (em nível pouco acima das casas) foram a causa principal das inundações. Com o grande volume de chuva, a água contida nas barraginhas transbordou e desceu em direção às casas, ocasionando a invasão de lama.

 

A Secretaria de Obras fez intervenções emergenciais para liberar o fluxo de água (e lama) e evitar mais inundações. Obras paliativas, já que cabe ao loteador executar as ações infraestruturais definitivas e corrigir irregularidades no local. Por sua vez, a Secretaria de Desenvolvimento Social realizou levantamentos e encaminhou as famílias afetadas para receberem apoio e orientações.

 

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social, quatro famílias tiveram de ser assistidas em função dos transtornos recorrentes. A lama invadiu as casas e houve perdas e danos em móveis e utensílios. No caso mais grave, em que a família precisou ser desalojada, houve perda total dentro da casa, inclusive do veículo da família. Mas não houve abalo estrutural da casa.

 

Essas famílias foram encaminhadas para o Cras (Centro de Referência de Assistência Social, órgão ligado à Prefeitura), a fim de receber água e cestas básicas, providenciar documentos (em alguns casos danificados pela lama) e obter orientação sobre direitos, como o acesso ao aluguel social, pago pela Prefeitura em caso de a família não poder voltar para casa. No caso do Cidade Nova, não houve a solicitação do aluguel. A família desalojada foi acolhida em casa de parentes.

 

A Defesa Civil Municipal já requereu lado do Corpo de Bombeiros Militar sobre a situação no Cidade Nova. O laudo servirá de base para o relatório técnico que a Defesa Civil fará para a Administração Municipal.

 

cidnova 0002
Família que ocupa esta casa no Cidade Nova teve de mudar para casa de parentes


cidnova 0001
Barraginhas e curvas de nível irregular, potencializadas pela água da chuva, precipitaram
as inundações


cidnova 0003
Secretaria de Obras e SAAE intervieram a tempo de evitar outros transtornos