topo ban fine

 
 

servicos solicitar banner

Água é tema de fórum técnico regional durante abertura da 57ª Expoagro de Unaí

A preocupação da sociedade e dos produtores rurais com a preservação da água foi tema preponderante nas discussões do 13º Forum Regional de Agropecuária do Noroeste de Minas e da Abertura Oficial da 57ª Exposição Agropecuária de Unaí. O evento ocorreu nessa quarta-feira (30/8), no Palácio Rural do Parque de Exposições. Em pronunciamento, o prefeito José Gomes Branquinho destacou: "Unaí é referência para Minas e para o Brasil na produção agrícola. E para produzir, precisamos de água. Precisamos achar um ponto de equilíbrio. Para hoje e para o futuro. Então, é necessário preservar as nascentes e o lençol freático".

 

Para o prefeito de Unaí, a região é privilegiada por sua localização geográfica. "Estamos numa região de cerrado considerada a caixa d'água do Brasil. Uma das nossas vertentes leva água da chuva para o sul do país. Outra leva água para o rio São Francisco, que banha o nordeste brasileiro".

 

Branquinho, no entanto, disse que a Administração Municipal está bastante preocupada com o número excessivo de poços artesianos sendo abertos no município, inclusive dentro do perímetro urbano. "Estão palitando nosso solo", criticou, acrescentando que tal situação pode, no futuro, comprometer o lençol freático.

 

A abertura oficial da Expoagro e o fórum de agropecuária contaram com a presença de deputados, prefeitos, vereadores, agentes públicos, lideranças rurais e classistas, produtores, técnicos e estudantes de escolas agrícolas. O evento é uma realização do Sindicato dos Produtores Rurais de Unaí, sob a presidência de Altir de Souza Maia.

 

Abertura oficial

 

Ao abrir oficialmente o evento, Altir de Souza Maia desejou boas-vindas aos presentes e ressaltou a importância de se discutir o tema: "Sabemos o que a água representa, e o custo que ela tem. Isso cobra de nós as providências que devemos tomar para preservá-la. Sabemos hoje que água é um bem finito. Todavia, sabendo usar, não vai faltar. Se não usarmos a água racionalmente, ela vai faltar. Se faltar, trará conseqüências como a extinção da humanidade. Precisamos respeitar a água".

 

O prefeito Branquinho também desejou boa festa de exposição a todos. "Esta é uma festa da população de Unaí, que tem a responsabilidade do Sindicato Rural. Do portão do Parque de Exposições para dentro, é responsabilidade do sindicato. Do portão pra fora, é com a Prefeitura", afirmou o prefeito, que durante sua fala, elogiou a força produtiva de Unaí no agronegócio e na agricultura familiar. Em contrapartida, chamou a atenção para o problema da saúde pública no noroeste.

 

"Esta região de Minas, tão grande e tão produtiva, é a única que não possui um hospital custeado pelo governo do Estado ou pelo governo federal. Aqui no noroeste, os municípios são obrigados a bancar os hospitais da região. E, por estar estrategicamente localizado, o município de Unaí está pagando uma conta que não é dele", criticou.

 

Fórum técnico

 

O tema central que conduziu as palestras foi "Recuperação de nascentes e reservação de águas". A abordagem ficou por conta da presidente da Associação dos Produtores Rurais e Irrigantes do Noroeste (Irriganor), Ana Maria Soares Valentin; do coordenador regional de Culturas e Meio Ambiente da Emater, Álvaro de Moura Goulart; e do professor da Universidade Federal de Uberlândia Antônio Giacomini Ribeiro.

 

Os expositores discorreram sobre a necessidade urgente de racionalização dos recursos hídricos, com proteção e recuperação de nascentes e aumento da capacidade de reserva de água da chuva.

 

Falou-se também na elaboração de projetos para recuperação e preservação de bacias hidrográficas para correção do déficit hídrico e ainda dos impactos da implantação de barramentos para irrigação.

 

O superintendente Ricardo Rodrigues de Carvalho (da Superintendência Regional de Meio Ambiente do Noroeste de Minas – Sumpram Nor) deu algumas orientações. Ele abordou temas relacionados a processos de outorgas de águas superficiais e subterrâneas, processos de barramentos, áreas de veredas e outras situações que dizem respeito aos produtores rurais e entidades de fiscalização ambiental.

 

De acordo com o superintendente, a captação de água deve seguir as condicionantes legais, que devem ser obedecidas e respeitadas. "Só com uma gestão integrada, uma gestão séria, vamos conseguir resolver problemas relacionados à água", resumiu.

 

Inauguração

 

Aproveitando a abertura da Expoagro 2017, o Sindicato Rural inaugurou a Pista de Julgamentos Paulo Emílio de Almeida Carneiro.

 

Criada para julgar animais de raça, a estrutura homenageia o pecuarista Paulo Emílio, uma das maiores referências do Brasil na criação seletiva de gado guzerá. Ele era proprietário da Fazenda Palestina, em Unaí.

 

Quando morreu, vítima de acidente de automóvel em 2016, era membro do Conselho Fiscal da Associação dos Criadores de Guzerá do Brasil. Paulo Emílio também presidiu a Associação Mineira dos Criadores de Guzerá.

 

expunai 0005
Prefeito Branquinho sobre a Expoagro: "É uma festa da população de Unaí, de responsabilidade
do Sindicato Rural"


expunai 0004
O Palácio Rural do Parque de Exposições recebeu lideranças políticas, produtores, técnicos e
estudantes de escolas agrícolas


expunai 0001
Parque de Exposições ganha Pista de Julgamentos, para selecionar animais de raça

expunai 0002
Nova estrutura com a Pista de Julgamentos Paulo Emílio de Almeida Carneiro

SmartNews.com
Previsão do Tempo

Siga-nos

    facebook FaceBook
insta icon Instagram
Twitter
linkedinico LinkedIn

Banco de Notícias

Assessoria de Comunicação Social e Relações Públicas - comunicaaiunai@gmail.com   -  (38)3677-9610 Ramal 9039
other a Sala de Imprensa (clique)

Notícias publicadas no período: 29/03/2005 até 17h24 do dia 13/12/2012