topo ban fine

 
 

servicos solicitar banner

IPVA: dinheiro que poderia ficar em Unaí vai para outros municípios

Contribuintes unaienses que possuem veículos emplacados em outras localidades estão "enviando" os recursos do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) para outros estados e municípios. Em Unaí, estima-se que, para cada cinco veículos em circulação no município, um seja emplacado "fora da cidade", com destaque para Brasília, cidades de Goiás e até da Bahia. A arrecadação do IPVA é atribuição do estado federado, que deve repassar 50% do valor arrecado para o município onde o veículo foi emplacado. Esse recurso é aplicado na educação (obrigatoriamente 25%), na saúde (obrigatoriamente 15%) e o restante em obras e serviços definidos pela administração municipal.

 

O IPVA rendeu a Unaí em 2017 o montante de R$ 10,9 milhões. A "fuga de recursos" com emplacamento do veículo "fora de Unaí" impediu a entrada de, no mínimo, R$ 2,2 milhões (a mais) nos cofres da Prefeitura no ano passado.

 

Para 2018, a previsão é que Unaí receba aproximadamente R$ 12,4 milhões de repasse do IPVA. Os veículos unaienses emplacados "fora" podem impedir o ingresso de valores superiores a R$ 2,5 milhões nos cofres da Prefeitura, recursos que devem ir para Brasília (DF), Valparaíso de Goiás (GO), Barreiras (BA), Curitiba (PR), entre outros.

 

O Código Tributário determina que o veículo seja emplacado (obrigatoriamente) na cidade onde o contribuinte reside. Porém, condições como valor diferenciado do IPVA por estado, regras de pagamento, ofertas de concessionárias de veículos (com primeiro IPVA grátis na compra) alimentam a guerra fiscal entre os estados e, como consequência, impulsionam a "fuga dos recursos" para localidades com ofertas mais vantajosas.

 

O secretário de Fazenda da Prefeitura de Unaí, Nilton Garcia, lamenta essa "fuga" de recursos do IPVA. Segundo ele, Unaí possui uma frota expressiva de veículos novos, muitos com valor significativo como caminhonetes, SUVs e outros nobres, que ultrapassam 200 mil, 300 mil reais - os quais renderiam valor expressivo no IPVA -, mas emplacados fora de Unaí. Resultado: o recurso (dinheiro que deixa de entrar nos cofres unaienses) segue para capitais como Brasília e Curitiba, ou para outras cidades onde o contribuinte unaiense não vive, não mora e, em alguns casos, nem visita ou conhece.

 

O recurso do IPVA que o contribuinte de Unaí "transfere" para outras localidades poderia ser utilizado no Hospital Municipal, nas escolas, no asfaltamento de ruas, em operações tapa-buracos, na assistência social e em obras e serviços que poderiam ser executados para melhorar a qualidade de vida da população unaiense.

 

Para evitar perdas desse recurso, todavia, basta que o veículo do morador de Unaí esteja emplacado na cidade. 

 

ipvaa 0001

SmartNews.com
Previsão do Tempo

Siga-nos

    facebook FaceBook
insta icon Instagram
Twitter
linkedinico LinkedIn

Banco de Notícias

Assessoria de Comunicação Social e Relações Públicas - comunicaaiunai@gmail.com   -  (38)3677-9610 Ramal 9039
other a Sala de Imprensa (clique)

Notícias publicadas no período: 29/03/2005 até 17h24 do dia 13/12/2012