topo ban fine

 
 

servicos solicitar banner

Comendadores de Santo Antônio do Boqueirão 2020

A Prefeitura de Unaí, a Câmara Municipal, a Paróquia Nossa Senhora da Conceição e a Associação dos Romeiros de Santo Antônio do Boqueirão (Arsab) entregaram as comendas na manhã desta terça (9/6). A cerimônia das entregas e homenagens ocorreu no Convento Nossa Senhora do Carmo. Os novos comendadores de Santo Antônio do Boqueirão são: Antônio Araújo (Penetra), Divino dos Santos Donizete Paulino, Gaspar Peres, João Fanor Antunes dos Reis, José Braz da Silva e Maria Efigênia da Silva.

 

A Comenda de Santo Antônio do Boqueirão (tradicional festa de romaria que este ano comemora 272 anos) é uma homenagem instituída em lei pela Administração Municipal em 2005, para reconhecer as pessoas que ajudaram (e ajudam) a fazer a romaria.

 

Os homenageados são indicados pela Prefeitura, pela Câmara Municipal, pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição e pela Arsab. Tradicionalmente, os homenageados recebem suas comendas no distrito do Boqueirão, oficialmente em 13 de junho, dia de Santo Antônio. Com a pandemia do novo coronavírus em 2020, houve mudança de direção. A festa foi cancelada no distrito, e tudo mudou.

 

ROMARIA CANCELADA

O cancelamento da romaria bicentenária se deu devido a uma orientação dos próprios bispos do Brasil, para que a igreja católica se adequasse às medidas de isolamento social estabelecidas no país, aliadas às ações de controle da pandemia estabelecidas em decretos editados pela Prefeitura de Unaí.

 

Em comum acordo, Prefeitura, Paróquia e Arsab resolveram fazer a solenidade no convento, com todos os presentes usando máscaras e respeitando as regras do distanciamento social. A cerimônia oficial contou com a participação do prefeito José Gomes Branquinho, da secretária municipal Luciana Navarro (Cultura e Turismo), do vereador Paulo César Rodrigues (presidente da Câmara Municipal), do frei Geraldo D'Abadia Pires Maciel e do presidente da Arsab, Argeu Lima da Fonseca. Todos ajudaram na entrega das comendas.

 

OS COMENDADORES

 

ANTÔNIO ARAÚJO, apelidado Penetra, nasceu no próprio distrito de Santo Antônio do Boqueirão em 1935. Em 1972, começou sua trajetória política em Unaí, cumprindo mandato de vereador por duas vezes (1973-1977) e (1977-1982). Em 1980, Penetra foi alçado à Presidência da Câmara Municipal e chegou a governar Unaí por um dia, em virtude de licença do prefeito Saint'Clair. Romeiro nato, participante da romaria por décadas, Penetra é um dos "fundadores" do distrito do Boqueirão e dos que mais lutaram pelas melhorias do local (transformado em vila urbana em agosto de 1985). Penetra também lutou pela instalação da escola no distrito. Sua comenda foi indicada pela Prefeitura.

 

DIVINO DOS SANTOS DONIZETE PAULINO é um exemplo de romeiro devoto e dedicado. Há 48 anos participa ativamente da romaria. Divino nasceu em Patos de Minas, em dezembro de 1958. Aos sete anos, veio morar na região do Distrito de Santo Antônio do Boqueirão. Logo começou a frequentar a romaria, acompanhando os pais. Com a morte deles, tratou de manter a tradição da família e nunca mais parou. Casou-se na Igreja de Santo Antônio do Boqueirão, onde também batizou os quatro filhos que teve com dona Valdemira de Souza Paulino. Divino recebeu a encomenda sob indicação da Câmara Municipal.

 

GASPAR PERES é uma indicação da Arsab. Natural de Patos de Minas, mora no distrito de Santo Antônio do Boqueirão há mais de 20 anos. Gaspar tem um bar no Boqueirão, na beira do Rio Preto, ao lado da ponte. O bar é referência na venda de um bom peixe frito. Pescador desde oito anos de idade, Gaspar chegou ao Boqueirão quando o distrito não possuía luz elétrica e nem ponte. Diz não sair mais do distrito, onde vive com a esposa, Denici Ângela Figueiredo, e os cinco filhos.

 

JOÃO FANOR ANTUNES DOS REIS foi nascido e criado no distrito do Boqueirão, onde também foi batizado e virou devoto de Santo Antônio, acompanhando os pais e a família em vários anos de romaria. Considerando-se um fiel romeiro, passou essa tradição para seus cinco filhos, dez netos e dois bisnetos, todos também romeiros assíduos da Festa de Santo Antônio do Boqueirão. Foi indicado a comendador pela Prefeitura.

 

JOSÉ BRAZ DA SILVA nasceu em Carmo do Paranaíba em julho de 1935. Mudou-se para Unaí em 1964. Foi presidente da Cooperativa (Capul) por quatro mandatos e prefeito de Unaí por dois (1997-2000) e (2001-2004). Como administrador municipal, fez diversas benfeitorias no distrito do Boqueirão. Casado com Arlene de Oliveira, teve um filho e uma filha. Zé Braz foi indicado pela Prefeitura de Unaí.

 

MARIA EFIGÊNIA DA SILVA foi indicada pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição. Devota de Santo Antônio e moradora do distrito (sua casa fica a 100 metros do santuário), dona Efigênia é um apoio permanente da paróquia e sempre disponível para as atividades da igreja no Boqueirão. Ela nasceu no próprio distrito em maio de 1956. No local, recebeu os primeiros sacramentos da igreja. Na igrejinha de Santo Antônio do Boqueirão, casou-se em junho de 1973. Do casamento com Pedro Antônio da Silva nasceram seis filhos. Dona Efigênia sempre viveu nos arredores do distrito.

 

sabco 0003


sabco 0002

sabco 0001

noco 0001

noco 0002

noco 0003

noco 0004

noco 0005

noco 0006

noco 0007

SmartNews.com
Previsão do Tempo

Siga-nos

    facebook FaceBook
insta icon Instagram
Twitter
linkedinico LinkedIn

Banco de Notícias

Assessoria de Comunicação Social e Relações Públicas - comunicaaiunai@gmail.com   -  (38)3677-9610 Ramal 9039
other a Sala de Imprensa (clique)

Notícias publicadas no período: 29/03/2005 até 17h24 do dia 13/12/2012