Ferrovia Corinto-Anápolis: “Precisamos mostrar para eles a viabilidade desse projeto”, disse Delvito

Durante apresentação do estudo técnico de construção do ramal ferroviário que projeta ligar Corinto a Anápolis (passando entre Unaí e Paracatu), o prefeito Delvito Alves reforçou o que foi concluído por trabalho de pesquisa e levantamentos: há viabilidade técnica e econômica para a obra, mas a classe política tem de ser envolvida no processo. "Precisamos mostrar para eles a viabilidade desse projeto", afirmou Delvito, durante pronunciamento feito, nessa quinta-feira (2/7), em evento realizado no Salão Rural do Parque de Exposições de Unaí.

O ramal ferroviário é parte de um projeto maior de interligação do país por via férrea, para escoar a produção destinada à exportação, tornando mais eficiente e barato o transporte (especialmente) de commodities, como grãos.

O evento em Unaí foi promovido pelo Sebrae em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais, Campo, Sistema Fiemg e Associação dos Municípios do Noroeste de Minas (Amnor).

Para o prefeito Delvito, esse projeto da linha férrea será sempre viável para a região, pois, segundo ele, além da grande produção atual de grãos, que confere destaque à região atualmente, o Noroeste de Minas ainda possui mais de 1,5 milhão de hectares de terras para serem abertas e aumentar a produção agrícola.

"O Governo Federal e o Governo de Minas já reconhecem a força econômica da região, que contribui com mais de 50% do PIB agropecuário de Minas Gerais e tem posição de destaque no país. E a construção desse ramal fortalecerá ainda mais o Noroeste mineiro", afirmou Delvito.

O prefeito de Unaí solicitou ao represtante do Governo de Minas, presente na reunião, que levasse ao conhecimento do governador Fernando Pimentel e do vice-governador Antônio Andrade o conteúdo do que foi apresentado, bem como o apelo das lideranças para que os governantes se envolvam nessa causa, que será boa para o Noroeste de Minas, para o estado mineiro e para todo o Brasil.

A opinião do prefeito vai ao encontro da conclusão dos estudos técnicos apresentados pela empresa contratada para a pesquisa de viabilidade.

"Estudos preliminares indicam a viabilidade da implantação. Elementos técnicos levantados provam isso. Agora, a classe política regional precisa agir junto aos representantes nos Poderes Executivo e Legislativo, para viabilizar concretamente a implantação desse ramal", arrematou o técnico responsável pela apresentação do trabalho.

O evento reuniu autoridades políticas (prefeitos e vereadores), lideranças rurais (produtivas, empresariais e classistas), e representantes de órgãos estatais.

corinto 0001
Prefeito Delvito assinala a viabilidade da ferrovia na região Noroeste, que detém 50% do PIB
agropecuário de Minas
 

corinto 0002
O evento de apresentação técnica do ramal ferroviário reuniu lideranças políticas, empresariais
e classistas no Salão Rural do Parque de Exposições